Demonstração do Resultado do Exercício: o que é e por que fazer

Começo de ano é, tradicionalmente, a época de fazer a Demonstração do Resultado do Exercício, a famosa DRE. Esse relatório contábil faz um levantamento do faturamento do último exercício e ainda adiciona algumas informações extras para apresentar aos gestores, empreendedores e administradores do negócio uma base sólida de informações para tomada de decisões no negócio.

Nesse início de 2021, vale muito a pena se preparar para fazer a DRE pois ela ajudará o seu negócio a passar por um período que vem sendo muito difícil. A pandemia do novo coronavírus causou um dano significativo na economia nacional. Só nos primeiros meses, foram 700 mil negócios que fecharam as portas, aumentando o desemprego. Quem continuou funcionando teve que se desdobrar para conseguir manter o faturamento.

Por essa razão, é importante começar 2021 com a Demonstração do Resultado do Exercício. Assim, dá para saber o tamanho dos danos sofridos e se preparar para 2021. Quer saber como fazer esse relatório e quais as vantagens de levantar o faturamento do último exercício? Então siga a leitura do artigo abaixo!

O que é a Demonstração do Resultado do Exercício?

A DRE é um relatório de contabilidade que faz um resumo da vida financeira da empresa em um determinado período de tempo. Via de regra, ela é feita anualmente, o que permite que os administradores da empresa possam olhar para o ano que passou e ver como o negócio se comportou financeiramente naquele período.

A DRE faz uma análise do que foi projetado para o orçamento da empresa naquele período, registrando todas as receitas e todas as despesas, até encontrar o resultado do negócio no período analisado, seja lucro ou prejuízo

Além disso, uma boa DRE faz uma separação detalhada de todos os custos do negócio, todas as despesas, impostos a pagar e receitas. Isso permite que o administrador, empreendedor ou diretor da empresa possa ter uma visão completa das suas finanças, identificando situações fora do normal, encontrando pontos positivos e traçando planos para corrigir problemas ou otimizar vantagens no próximo período de análise.

Quem é obrigado a fazer o faturamento do último exercício?

A DRE é normalmente anual, mas ela pode ser mensal, trimestral ou semestral também. Na versão anual, há obrigatoriedade de produção do documento para algumas empresas, nomeadamente aquelas de capital aberto – que são as que negociam suas ações na Bolsa de Valores. Esse tipo de negócio é obrigado a elaborar e divulgar a DRE pois é uma das formas dos investidores entenderem cada empresa, fazerem uma Análise Fundamentalista e então decidirem se vão ou não investir na compra daquelas ações. 

Por lei, as empresas com ações na Bolsa devem produzir duas Demonstrações de Resultado de Exercício por período fiscal. Esses relatórios devem ser publicados no Diário Oficial e em veículos de comunicação da mídia. Assim, os investidores ficam informados sobre o desempenho da empresa e há maior transparência na compra e venda de ações.

Outras empresas que devem obrigatoriamente produzir DREs são as Sociedades Limitadas (LTDA). Elas não precisam divulgar os resultados publicamente, mas devem arquivar o documento (em formato físico) para apresentarem à Receita Federal, caso seja necessário.

No entanto, isso não significa que só essas empresas devem fazer Demonstrações de Resultado de Exercício. É recomendado que todas as empresas façam esses relatórios pois eles ajudam muito na gestão financeira, inclusive para pequenas empresas, onde é mais fácil se perder financeiramente pela falta de recursos humanos para gerenciar e registrar todas as movimentações feitas e recebidas.

Quais as vantagens de fazer a DRE?

Existem muitas vantagens de fazer uma DRE para a sua empresa. Confira algumas abaixo:

  • Melhor tomada de decisões: a DRE permite que o empreendedor conheça melhor seu negócio e possa tomar melhores decisões de gestão;
  • Transparência financeira: em empresas com sócios, a DRE ajuda a aumentar a transparência financeira e a confiança de todos;
  • Melhor controle de ações: a DRE mensal ou trimestral permite que a empresa possa controlar melhor os resultados de suas ações e trocar de rumo (ou intensificar as ações), se necessário;
  • Visão mais precisa das finanças: a DRE permite que o empreendedor tenha uma visão mais eficaz das finanças da empresa, identificando pontos a serem melhorados.

Como fazer um bom demonstrativo?

Agora que já vimos tudo isso, você provavelmente se convenceu da importância de contar com Demonstrações de Resultado do Exercício na sua gestão de negócios. A questão é: como fazer um bom demonstrativo?

A resposta é tentar ser o mais preciso e o mais profundo possível, mantendo uma legibilidade boa no documento. É essencial dominar bem os números da empresa, mas também montar uma narrativa que permita a melhor compreensão daqueles dados. Afinal, números no papel podem ser inúteis se não levarem a um entendimento melhor da situação.

Diante disso, recomendamos a contratação de um escritório de Contabilidade Digital para a elaboração de DREs. Além de contar com a objetividade de alguém não envolvido diretamente com a sua empresa e conhecimento aprofundado de contabilidade do escritório, você ainda contará com o know-how de quem sabe como tornar um relatório contábil mais eficaz.

Como você já sabe o que é a Demonstração do Resultado do Exercício, poderá colocar em prática o que aprendeu neste artigo. Sem dúvidas, esse relatório ajudará na leitura do cenário financeiro da sua empresa e permitirá que você tome melhores decisões de gestão. Isso ajudará o seu negócio a ter mais sucesso e a alcançar os objetivos de curto, médio e longo prazo que você estabeleceu para ele.

Se você ainda não se convenceu de que sua empresa deveria fazer o levantamento do faturamento do último exercício, leia agora mesmo o nosso artigo com as 5 vantagens de contar com relatórios contábeis na administração do seu negócio!

Classifique nosso post [type]

Deixe um comentário

Recomendado só para você
A redução de custos é uma das tarefas mais frequentes…
Cresta Posts Box by CP