ContabilidadeComo emitir nota fiscal eletrônica para sua empresa - Conect Contabilide Digital

7 de setembro de 2020por Conect Contabilidade0

Você sabe como emitir nota fiscal eletrônica para sua empresa? Se não, então precisa aprender. Afinal, essa é uma obrigação em vários estados e uma tendência para o futuro da contabilidade. Na Conect Contabilidade, por exemplo, só trabalhamos com notas eletrônicas.

A emissão de notas fiscais eletrônicas é um processo importantíssimo. Ela gera um ganho de produtividade para a empresa (ao agilizar parte dos seus procedimentos internos), reduz custos, aumenta a confiança com os consumidores e melhora consideravelmente o controle fiscal do negócio.

Por essa razão, é essencial saber como emitir nota fiscal eletrônica. Quer aprender? Então siga a leitura abaixo!

O que é a Nota Fiscal Eletrônica?

A nota fiscal eletrônica é a versão digital da tradicional nota fiscal de papel, cuja emissão era obrigatória para as empresas no passado. O processo de desenvolvimento da Nota Fiscal Eletrônica começou em 2006 e continua até hoje, com as notas se tornando cada vez mais comum e assumindo o padrão no país. 

Atualmente, não são todas as empresas que são obrigadas a saber como emitir a nota fiscal eletrônica, mas isso é questão de tempo. Eventualmente, todas elas terão essa obrigatoriedade, e a versão digital será a única aceita no país inteiro. As únicas empresas que não serão obrigadas a emitirem o documento serão aquelas que não precisam emitir nota fiscal, como os Microempreendedores Individuais.

Existem vários tipos de notas fiscais eletrônicas. Confira quais são:

  • NF-e: nota mais comum, utilizada para a venda de produtos que incidem ICMS;
  • NFS-e: nota usada para a prestação de serviços;
  • CT-e: nota que registra produtos que são transportados de maneira rodoviária;
  • NFC-e: nota usada no varejo e que registra a venda direta ao consumidor final. É um substituto do cupom fiscal;
  • NFA-e: nota emitida individualmente por empresas que não têm obrigação de emitir notas fiscais e que as usam com pouca frequência. Normalmente, é usada mais por quem é MEI.

Como mencionamos antes, os MEIs não precisam emitir nota fiscal quando vendem produtos ou prestam serviços para pessoas físicas. No entanto, quando trabalham com pessoas jurídicas, precisam emitir a nota. Por isso, podem usar a NFA-e (em caso de situação pontual) ou a NFS-e ou NF-e quando for algo constante.

Também é interessante notar que a nota fiscal eletrônica não é a mesma coisa que o cupom fiscal que recebemos na loja. A NFC-e substitui esse documento e deve começar a ser adotada pelos varejistas, mas a nota fiscal eletrônica ainda permanece como uma obrigação.

Como emitir nota fiscal eletrônica em 3 passos

  1. Entenda qual nota sua empresa deve emitir

Lembra que vimos que existem 5 tipos diferentes de nota fiscal eletrônica? Então, é ideal saber qual é a nota que você emitirá na sua empresa.

Saber qual é o seu tipo de nota fiscal é importante para entender quais os próximos passos. A NF-e, por exemplo, exige um certificado digital. Já algumas das outras não. Como há um custo considerável no certificado digital, só vale a pena emiti-lo se você realmente for usá-lo.

  1. Faça seu cadastro

Dependendo do seu tipo de empresa e tipo de nota, você precisará fazer um cadastro fiscal junto ao governo para poder emitir a nota fiscal eletrônica. No caso de empresas de comércio, o cadastro é feito com a Sefaz (Secretaria de Estado da Fazenda) de cada estado. Já para prestadoras de serviços, o cadastro é feito na Prefeitura da cidade da empresa. 

Cada Sefaz e cada prefeitura tem um processo específico. A maioria delas pode ter o mesmo processo, mas ainda assim é bem comum que haja diferenças significativas. Algumas prefeituras ou secretarias facilitam para as empresas, outras exigem mais documentação.

  1. Tenha um software para emitir as notas

Depois de se cadastrar no órgão responsável pela sua empresa, o próximo passo é escolher um software para poder emitir a nota fiscal. Você pode usar o emissor gratuito que é disponibilizado pela Administração Pública (da Sefaz do seu estado ou da prefeitura da sua cidade, no caso) ou comprar um emissor que possa fazer o trabalho.

Uma terceira opção é contratar um serviço de contabilidade digital para que eles façam o serviço para você. Uma das grandes vantagens disso é que a empresa de contabilidade poderá usar os softwares mais avançados, integrará as informações e dados com o seu negócio e reduzirá ainda mais os seus custos, aumentando consideravelmente sua produtividade.

Portanto, vale a pena cogitar a possibilidade de contratar uma empresa de contabilidade digital para ajudar a realizar algumas das tarefas que mais consomem tempo dentro do seu negócio.

Desse modo, seu time de contabilidade terá mais tempo para focar em outras tarefas. Já se você não tiver uma equipe contábil, poderá eliminar esse trabalho da sua lista de responsabilidades e direcionar sua energia para outras tarefas.

E aí, aprendeu como emitir nota fiscal eletrônica? Se você ficou curioso sobre como um serviço de contabilidade digital pode ajudar o seu negócio a prosperar, entre em contato com o nosso time e tire suas dúvidas agora mesmo!

Conect Contabilidade

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Copyright by BoldThemes. All rights reserved.